Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

My Girls ♥

Moments for life...

Mamã, quero ir à casa da Clementina!!!

 

 

Mamã em pensamento rápido: Oh que fofura, a minha babymenina quer ir visitar uma amiguinha da escola!!!

 

Após 2 minutos a reflectir: CLEMENTINA??? Não há nenhuma Clementina na sala!!

 

Após 3 minutos, e eis que se faz luz: Mas a Clementina é a amiga do Ruca!!!

 

Após alguns minutos voltou à carga: Mamã? Onde estás? QUERO IR À CASA DA CLEMENTINA!!!

 

Acho que vou voltar a confiscar os episódios do Ruca!!!

 

 

Badboy!?!?!

 

 

Os 1001 episódios do Ruca estão confiscados!!!

O Ruca atira objectos ao chão constantemente.

O Ruca tem medo do escuro.

O Ruca faz birras para comer.

O Ruca tem um episódio em que ensina à Rosita a palavra ESTUPIDA, palavra essa que é repetida mais de 100x, durante o episódio.

.....

Resumidamente o Ruca é uma má influencia, pois faz birras por tudo e por nada :P

 

E a culpa é do menino Ruca!!!

 

 

 

E a 6 de Outubro de 2011, sou finalmente a mãe, ficando para trás a mamã.

 

Agora com 2 anos, 4 semanas e 1 dia, passo a mamã novamente, e este retrocesso evolutivo deu-se desde que a assiste à serie do menino Ruca, que é só mamã para aqui, mamã para acolá.

 

E a final o  pequeno écran para além de a entreter ao mais alto grau também a exerce os seus efeitos negativos :(

 

 

Ufa!!

 

 

 

 

 

 

 

 

E finalmente consegui encontrar o pequeno Uki em peluche, depois de uma busca intensiva pelas lojas de especialidade, eis que hoje com ajuda de uma mamã encontrei o pequeno Uki aqui.

 

 

E uma parte da prenda de Natal está resolvida.

 

 

* Hoje quando acordou a primeira coisa que me disse foi " Mãe uki" e enquanto eu me despachava ficou enroladinha na manta deitada no sofá a ver a pequena criatura, love it.

 

 

Ver televisão pode afectar o desenvolvimento dos bebés ...

Estudo científico publicado na visão

 

17:19Terça feira, 18 de Out de 2011

Os bebés dos 0 aos 2 anos não devem ver televisão, devem brincar. A Academia Americana de Pediatria alerta para atrasos no desenvolvimento infantil. A recomendação médica confronta-se com a evolução tecnológica.

"Há dez anos, a Academia Americana de Pediatria sugeriu que a exposição de crianças menores de dois anos à televisão podia ter efeitos negativos no seu desenvolvimento, sendo o mais aconselhável reduzir o número de horas de consumo. Na altura, a sugestão da APP tinha tanto de ciência como de senso comum; os estudos acerca do desenvolvimento infantil e do consumo mediático estavam ainda a começar.

 

Uma década depois, algum amadurecimento nos estudos da APP permitiu-lhe chegar a um veredicto: os bebés verem televisão, vídeos ou qualquer outra forma passiva de consumo mediático "não é bom, e provavelmente negativo".

 

Os media "potenciam efeitos negativos em crianças menores de dois anos, e não são conhecidos efeitos positivos" dessa exposição, segundo a conclusão do relatório da APP publicado, esta terça feira, no Encontro Anual da Academia, em Boston - EUA.

 

Desde que a APP fez a suas primeiras recomendações, em 1999, os ecrãs de entretenimento passivo - tv, leitores de dvd e computadores - têm estado cada vez mais omnipresentes e, em média, crianças com 12 meses de idade veem 1 a 2 horas por dia nos vários formatos. A faixa etária dos 0 aos 2 anos tem sido alvo de programação comercializada como educacional, muitas vezes usada pelos pais que estão convencidos dos seus benefícios.

 

Os estudos efetuados revelaram que as crianças até aos dois anos não percebem o que está a passar nos ecrãs, veem antes uma caixa luminosa e hipnotizante.

 

À medida que os ecrãs foram sendo desenvolvidos também foi a investigação. "Foram realizados cerca de 50 estudos desde 1999", declarou Ari Brown, uma dos Pediatras autores do relatório.

 

Utilizar a televisão para ajudar a dormir pode também provocar irregularidades e perturbações durante o sono. Embora os seus efeitos noturnos não tenham sido ainda provados, é certo que uma noite mal dormida pode provocar problemas de disposição, comportamento e aprendizagem. Três estudos, desde 1999 determinaram uma ligação entre o aumento de horas de consumo mediático infantil (0-2 anos) e um desenvolvimento retardado. Ainda não se sabe, porém, se tal será uma causa ou um efeito.

 

Mesmo quando a televisão está ligada para dar ambiente, as crianças desta idade são atraídas pelo som e pela imagem, distraindo-se assim de brincar - uma das atividades mais importantes para um desenvolvimento profundo. A recomendação de Brown aos pais para os momentos mais ocupados do dia é simples: deixar os pequenos brincar sozinhos, permitindo-lhes desenvolver uma forma de entretenimento autónomo. " É tempo valioso. Eles estão a resolver problemas, a usar a imaginação, a pensar criativamente, e a entreter-se".

 

O efeito das aplicações do Ipad nas crianças é ainda desconhecido. Brown não critica a utilização dos programas educacionais do Ipad, mas procurará perceber e divulgar os efeitos dos mesmos no desenvolvimento das crianças."



Ler aqui: http://aeiou.visao.pt/ver-televisao-pode-afectar-o-desenvolvimento-dos-bebes=f628416#ixzz1bDzkI7XN

 

 

 

uki

 
 

 

E este é o pequeno uki e veio revolucionar a nossa rotina.

 

Antes a Carolina não nutria simpatia alguma pela televisão, mas agora cola 5 minutos inteirinhos e sem se levantar do sofá, a ver esta pequena criatura (ainda não percebi se é uma libelinha ou algum parente próximo), o que é certo é que gosta e eu gosto que ela goste.

 

Quando acaba, vai simpaticamente à minha procura e diz: Mãme mé ( Mãe mais)

 

 

Panda vai à escola!!!

 

 

 

 

Dança, pula, bate palmas e castanholas, acompanha as coreografias, adora, é a única coisa que a prende à televisão, ups nada disso, em primeiríssimo lugar esta o seu adorado bebé jeans e esse sim tem direito a histerismo e tudo, e se não fosse aqui a e o api a racionar as visualizações desconfio que o via 24h por dia!!!



Bebé Jeans!!



 



Gostava de conseguir explicar... a reacção da Carolina a este pequeno boneco, desperta nela um estado de contentamento inexplicável.
Alegria, alegria e mais alegria.

 

* Já viu n vezes o vídeo e inicialmente assustava-se quando ele caia, agora antes de cair fecha os olhos, que amorzinho :)